(16) 3371-2277
Praça Dom José Marcondes Homem de Mello
(Av. São Carlos s/nº) Centro, São Carlos/SP

Histórico Vocacional

Padre Kécio Henrique Feitosa

No próximo dia 22 de abril, de 2017, juntamente com oito irmãos serei ordenado sacerdote, por isso gostaria de falar um pouco da minha história, mas sobretudo da minha experiência com Deus que me foi levando cada vez mais para águas mais profundas. Sou natural do município de Taquaritinga do Norte no estado de Pernambuco, mais precisamente do distrito de Pão de Açúcar, lugar pequeno de mais ou menos 10 mil habitantes. Tenho 2 irmãs, meu Pai João Feitosa e Minha mãe Maria do Socorro nos educaram dentro dos princípios morais da Fé. Somos de uma família de tradição católica, recebi o sacramento do batismo ao primeiro dia de janeiro do ano 1996 na cidade de Santa Cruz do Capibaribe – PE. No dia 30 de novembro de 2003, recebi a primeira comunhão na Igreja de São José, em Pão de Açúcar. Aos 30 de Novembro de 2008 recebi o sacramento da crisma.

Já na catequese recebi o convite para ser coroinha, e de bom grado aceitei. Logo após a primeira comunhão comecei a servi como coroinha na minha comunidade. Dentro da sagrada liturgia meu amor a Igreja foi crescendo, e nas simples celebrações que ocorriam uma vez por semana o chamado ao sacerdócio foi aos poucos crescendo até o momento que iniciei os encontros vocacionais na diocese de Caruaru. A vivencia na comunidade foi solidificando cada vez mais minha decisão de ingressar no seminário, não duvidei e no ano de 2009, com 17 anos iniciei o seminário propedêutico na cidade de Pesqueira – PE.  No ano de 2010, já morando na cidade de Caruaru dei início aos estudos filosóficos no seminário maior Nossa Senhora das Dores. A vocação ao sacerdócio sempre foi vivenciada tendo diante de meus olhos a figura de Cristo Bom Pastor, sumo e eterno sacerdote, mas também o testemunho de vários padres que com a sua vida mostravam-me que era possível e belo ser um homem de Deus e dor a vida com alegria.

Como Deus tem seus planos e muitas vezes não são os nossos ao final do terceiro ano do curso de Filosofia fiz um processo de transferência para a tão querida e amada diocese de São Carlos, aqui fui acolhido pelo nosso bispo emérito Dom Paulo Sérgio Machado, que sempre valorizou as vocações abriu as portas do seu coração bem como da diocese. No ano de 2013, fui acolhido no seminário – Casa de Formação São Carlos Borromeu, na cidade de Campinas – SP. Na PUC – Campinas mergulhei nos estudos teológicos e sobretudo fui solidificando a formação humana, afetiva, comunitária tão necessária para o ministério presbiteral. No mesmo ano de 2013, fui acolhido e recebido na paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, bairro cidade Aracy, na cidade de São Carlos, e nesse mesmo ano fiz o estágio pastoral. No ano de 2014, fiz uma experiência breve de 3 meses na paróquia São José de Araraquara, logo após a semana santa desse mesmo ano iniciei o trabalho pastoral na paróquia Nossa Senhora Aparecida no bairro da redenção em São Carlos. Já no ano de 2015 atuei na paróquia Nossa Senhora de Fátima na cidade de Jaú, lá vivenciei todos os preparativos e as expectativas para a tão esperada ordenação diaconal.

A ordenação diaconal é o primeiro passo para os que querem se consagrar a Deus pelo ministério ordenado. O nome diácono vem do grego antigo διάκονος, que significa “ministro”, “servo”, “ajudante”, o diaconato é um tempo de preparação para a ordenação sacerdotal que vai configurando o coração do homem de Deus para uma total e livre doação. Aos 11 dias do mês de dezembro de 2015 disse meu Sim a Deus por meio da ordenação diaconal juntamente com outros 9 jovens. Em 2016, fiz a bela experiência do ministério diaconal na paróquia São Pedro e São Paulo na cidade de Jaú. No ano da graça do Senhor de 2017, fui nomeado por nosso bispo Dom Paulo Cezar como diácono na Igreja Catedral de São Carlos Borromeu. Aqui tão bem acolhido pelo pároco Padre José Luiz Beltrame e de toda a comunidade estou vivenciando os últimos preparativos para a ordenação sacerdotal. Escolhi para guiar meu ministério o versículo 19 do capítulo 17 do evangelho de João: “Santifico-me, para que sejam santificados na verdade”. Pela graça de Deus e oração de todo o povo renovarei meu Sim ao Senhor e buscando sempre me configurar a Cristo, Bom Pastor.