Padre Celso Maximino José

Nascido em Novo Horizonte (SP), no dia 24 de novembro de 1953, Padre Celso Maximino José ingressou no Seminário Menor dos Padres da Doutrina Cristã, em Catanduva em 1963.

Fez o Clássico no Instituto Caboniano São Judas Tadeu, em São José do Rio Preto. Daí seguiu para Guaíra (SP) onde fez o Noviciado e Magistério no Seminário da mesma cidade. Em São Paulo cursou filosofia, psicologia e teologia durante os anos de  1969-1977 no Instituto Teológico de São Paulo. A seguir fez um ano de Pastoral no Rio de Janeiro.

Em 1978 foi para Itápolis, trabalhando um ano como Diácono. Foi ordenado presbítero em Novo Horizonte, no dia 23 de setembro de 1978. Sua primeira função ministerial foi como Vigário cooperador de Itápolis, e ao mesmo tempo Vigário de Nova Europa, até o ano de 1980. Nesse ano foi Vigário substituto de São Geraldo em Araraquara. Em 1981 passou a atender também Tabatinga. Nessa ocasião foi membro do Conselho de Presbíteros.

Em 1982, a pedido de Dom Constantino, fez um ano de especialização em Catequese (Curso Superior de Pastoral Catequética – CSPC) no Instituto Salesiano Pio XI e o Curso de Metodologia Catequética (CMC) também no Pio XI. Neste período, atuou como Coordenador Diocesano da Catequese, Coordenador da Pastoral da Juventude de São Carlos, Coordenador de Ensino Religioso, Vigário Cooperador da Catedral, Membro do Conselho Diocesano de Pastoral e Assessor da Pastoral da Juventude na Província Eclesiástica de Campinas.

No ano de 1984, assumiu o ofício de Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em São Carlos. Onde permaneceu até assumir como Pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus em Mineiros do Tietê (SP) em 1991.

Em 1992, na fundação da REDEVIDA de televisão, Padre Celso começou a celebrar e participar de programas que o canal realizava. Permanece até hoje celebrando na REDEVIDA. Também em 1992 assumiu o ofício de Pároco da Paróquia São José, na cidade de Barra Bonita (SP), onde permaneceu por 25 anos, até ser transferido por Dom Paulo Cesar Costa para a Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Araraquara-SP, aonde exerceu o ofício de fevereiro de 2017 até dezembro de 2018, sendo neste ano de 2019, transferido para a Catedral de São Carlos Borromeu.

 

Padre José Carneiro de Oliveira Filho

Nascido em 19 de janeiro de 1965, ingressou no seminário menor em São Carlos em 1992, e após cursar filosofia e teologia, recebeu a ordenação diaconal em 2000, e a ordenação presbiterial em 2001.

Possui grande experiência missionária: Na Diocese de São Luiz de Montes Belos-GO, atuou nas cidades de Caiapônia e Doverlândia de 2001 a 2005. Na Diocese de São Carlos, de 2005 a 2008 na paróquia Santa Cruz, cidade de Potanduva; de 2008 a 2012 na paróquia São Sebastião, cidade de Matão; de 2012 a 2018 na paróquia Senhor Bom Jesus, em Mineiros do Tietê.

Desde 2018, Pe. José Carneiro exerce a função de reitor do Seminário São João Paulo II. Como diretor espiritual, já atuou no Seminário Propedêutico de 2005 a 2008 em Jaú; em 2009 em Araraquara; no Seminário de São Carlos – Filosofia em 2010; no Seminário de Teologia em Campinas de 2010 a 2017.

É também, confessor das irmãs Apóstolas do Sagrado Coração desde 2006, e conselheiro espiritual das Equipes de Nossa Senhora desde 2005, ambos em Jaú/SP. Celebrante de missas no Mosteiro São Paulo da Cruz, em São Carlos.

Padre ‘Zezinho’, como é carinhosamente chamado, auxilia também a comunidade terapêutica, na sede Santos – Itapuí/SP.